• contato@laio.com.br
  • (83) 98855.8888
  • (83) 99611.1460

Permissão com controle e segurança

A tecnologia é uma aliada das empresas para ajudar no gerenciamento interno e no controle e segurança de informações e pessoas. Uma peça-chave são os sistemas de controle de acesso, que permitem identificar pessoas e controlar a entrada em locais com mais rapidez e eficiência.


Como funciona o sistema controle de acesso?


Um controle de acesso pode funcionar de diversas formas.

Primeiramente, o visitante deve ter o acesso liberado por meio de algum dispositivo.

Na maioria das vezes, esse elemento pode ser um cartão com leitura digital (cartão de proximidade rfid) ou o reconhecimento da digital (biometria), como é implantado em alguns bancos.

Deve ser necessário fazer um cadastramento dos usuários para liberação do acesso.

Quem frequenta o local todos os dias, ou ao menos algumas vezes, já está no sistema e não precisará fornecer informações adicionais.

O portão ou catraca é destravado, e o usuário pode entrar dentro do local depois da liberação pelo sistema de controle de acesso.

Como percebemos, essa é uma maneira prática e rápida de controle de usuários que acessam determinado local.


Alerta de perigo


Nem sempre o morador tem a escolha de permitir ou não a entrada de um desconhecido. A pessoa pode, por exemplo, estar sendo coagida dentro do próprio carro por um criminoso. Para isso, deve haver um botão do pânico que, ao ser acionado, notifica a central de alarme e segurança para tomada de ação. O mesmo pode ser feito com senhas. Caso o morador inclua um número pré-determinado a mais em sua senha, a central saberá que está acontecendo uma tentativa de crime.


Diferentes tipos de controle de acesso


Os controles de acesso podem ser instalador em diferentes tipos, de acordo com a necessidade do cliente.

Leitor de biometria (para sistemas com biometria)

Central de guarita (para cadastro dos usuários)

Leitores RFID (para proximidade)

Cartões / Chaveiros de proximidade

TAG (essa pode ser instalado em farol de veículos)

Esses são apenas alguns dos dispositivos que você vai precisar.


Leitor veicular – antena veicular, para leitura e identificação via tag. Ligada ao veículo, permite que o usuário seja identificado na entrada de sua garagem e que o portão abra automaticamente. A tecnologia já é usada em estradas e rodovias e agora está disponível para ser adquirida por empresas privadas e condomínios, que controlarão mais facilmente o acesso de seus condôminos ou colaboradores ao estacionamento.

Controlador facial – mais uma forma de identificação para o controle de acesso. A ferramenta é capaz de fazer uma verificação biométrica facial, em que os usuários têm o acesso liberado após a digitalização do rosto e a guarda dos padrões de imagens de cada face no sistema de dados, criando um 'passe' único para cada indivíduo. A solução já é usada em alguns aeroportos ao redor do mundo.

Sistemas de controle de acessos para condomínios – desempenham funções importantes, como gerenciamento e registro de todo o fluxo de pessoas e automóveis (através do uso de dispositivos de acesso por senha, leitor de impressão digital, leitores de chaveiro, antena leitora de tag veicular e interfone). A tendência é que esses sistemas estejam cada vez mais integrados e com mais opções, como leitores faciais, liberação de acesso remoto via smartphone e integração com portaria virtual.


Controle de acesso residencial

Controle de acesso empresarial

Controle de acesso para condomínios

Fale Conosco




Temos a Solução Ideal para Você ou seu Negócio

Solicite o seu Orçamento